Já deve ter acontecido de você, por engano, alterar a extensão de algum arquivo e depois não conseguir executá-lo com nenhum aplicativo. Na hora do desespero por ter “perdido” o arquivo, muitos usuários procuram pela Internet como fazer para recuperar o arquivo, e acabam ficando ainda mais assustados com as “soluções” encontradas.

Quando você altera a extensão de um arquivo, o conteúdo dele não é perdido. Você apenas não consegue mais abri-lo normalmente, pois o Windows nem sempre reconhece a nova extensão colocada.

Depois que você altera a extensão dos arquivos e percebe que o sistema não a reconheceu, a pergunta: “Qual extensão era mesmo?” vem à sua cabeça. E o que fazer quando você não consegue lembrar o que tinha depois ponto?

Descobrindo a extensão de um arquivo

Uma maneira de descobrir qual a extensão do arquivo é por tentativa e erro. Clicando com o botão direito do mouse sobre o arquivo, você pode escolher a opção “Abrir com...” e tentar alguns programas que aparecem na lista.

Claro que este processo pode levar certo tempo, mas pode ser uma solução.

Cada extensão tem um programa

Algumas extensões podem ser abertas apenas por um aplicativo, como CDR, do Corel. Para descobrir qual programa é preciso para abrir uma determinada extensão, você pode procurar na Internet ou utilizar programas como o Types e o OpenWith.org Desktop Tool, que mostram exatamente qual o software que você precisa instalar.

Cuidado ao renomear extensões de arquivos. Por mais que isto não estrague o conteúdo deles, pode acontecer de você não lembrar qual era o formato original e acabe gastando um bom tempo só para tentar descobrir.

Cupons de desconto TecMundo: