TIM testa tecnologia de chamadas de 'voz sobre 5G' no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: TIM testa tecnologia de chamadas de 'voz sobre 5G' no Brasil
Imagem: Pixabay

A TIM confirmou nessa segunda-feira (17) a realização dos primeiros testes com a tecnologia Voice over New Radio (VoNR 5G) da América Latina. A solução oferece chamadas telefônicas de maior qualidade, além de integração com apps e serviços que utilizam dados e voz ao mesmo tempo.

Realizado em parceria com a Huawei, o experimento faz parte das iniciativas de implementação da rede compatível com a quinta geração da internet móvel no Brasil. A operadora quer liberar o serviço ainda este ano no mercado nacional.

Também chamado de voz sobre 5G, o padrão foi apresentado como uma “evolução dos serviços de voz”, surgindo como a modalidade mandatória na rede 5G standalone (SA), que utilizará a frequência de 3,5 GHz. Ele é um avanço da tecnologia VoLTE, disponibilizada pela TIM em 4,6 mil localidades.

A tecnologia permite integrar recursos de videoconferência e realidade virtual e aumentada às chamadas.A tecnologia permite integrar recursos de videoconferência e realidade virtual e aumentada às chamadas.Fonte:  Pexels 

Uma das melhorias proporcionadas pelas chamadas VoNR é o uso da tecnologia em videoconferências, enquanto o padrão atual se restringe às ligações por voz. A promessa é de também potencializar a utilização de aplicações relacionadas à realidade virtual e aumentada, aproveitando os benefícios do 5G.

Compatibilidade

Conforme relatório da Global Mobile Suppliers Association (GSA) divulgado em outubro do ano passado, pelo menos 16 operadoras de todo o mundo já investem em voz sobre 5G. A tecnologia aparece em destaque nos países onde as redes 5G SA estão em fase avançada de implementação.

Para ter acesso ao recurso, será preciso ter um celular compatível com VoNR. A entidade formada por fornecedores de telecomunicações afirma que 42 modelos de telefones 5G tinham suporte à funcionalidade no final de 2021.

“O 5G será um verdadeiro divisor de águas tanto para o mercado corporativo (IoT) como para os consumidores finais. Com o VoNR, estamos mostrando a importância de oferecer serviços completos a nossos clientes, seja dados ou voz”, declarou o diretor de redes da TIM Brasil Marco Di Costanzo.