Spotify limita modo aleatório após pedido de Adele

1 min de leitura
Imagem de: Spotify limita modo aleatório após pedido de Adele
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

O Spotify confirmou que vai restringir o botão de reprodução aleatória (shuffle) da plataforma e, aparentemente, quem fez a requisição foi a cantora Adele. De acordo com informações da BBC, a artista fez o inusitado pedido após publicar seu esperado álbum ‘30’, lançado na última sexta-feira (19).

A cantora acredita que um álbum conceitual deve ser ouvido de ponta a ponta, em uma ordem específica — ou seja, exatamente como foi lançado. Justamente por isso, após um pedido da Adele, o Spotify decidiu retirar o botão de modo aleatório das opções padrões de reprodução.

A pedido dela

“Este foi o único pedido que eu tive em nosso setor que está em constante mudança! Não criamos álbuns com tanto cuidado e reflexão em nossa lista de faixas sem motivo. Nossa arte conta uma história e nossas histórias devem ser ouvidas como pretendíamos. Obrigado Spotify por me ouvir”, disse a artista em seu perfil no Twitter.

Pouco após o tuíte da cantora, o Spotify respondeu a mensagem: “qualquer coisa por você”. Mas calma, o shuffle apenas não é uma opção padrão, mas ainda está disponível aos usuários do serviço premium — basta clicar em uma faixa e selecionar a opção.

“Para aqueles usuários que ainda desejam reproduzir um álbum aleatoriamente, eles podem ir para a visualização Reproduzindo Agora e selecionar a reprodução aleatória”, revelou o chefe de comunicações musicais do Spotify, Chris Macowski, ao site The Verge.

Provavelmente, os números da Adele impressionaram o Spotify após o lançamento do novo álbum, já que a música “Easy on Me” conquistou o recorde de maior audiência global em um único dia.