Comunidades do Orkut voltam a fazer sucesso nas redes; entenda

1 min de leitura
Imagem de: Comunidades do Orkut voltam a fazer sucesso nas redes; entenda
Imagem: Reprodução/Shutterstock
Avatar do autor

No início dos anos 2000, o Orkut foi a primeira rede social brasileira a fazer um sucesso estrondoso no país. Anos depois, há quem ainda sinta falta dos famosos depoimentos, "scraps" e, claro, das comunidades.

Prova disso foi o post que viralizou ao longo da semana no Twitter. Na publicação, o criador de conteúdo Bruno Predolin imagina como seriam as comunidades atuais do Orkut se a rede ainda existisse.

Em seu portfólio, Bruno diz que seu contato com a rede querida dos brasileiros começou cedo. "Comecei a criar comunidades para passar o tempo sob o codinome B! No total, foram mais de 715 comunidades criadas com aproximadamente 3,5 milhões de membros em todas elas."

Entre as comunidades criadas na última semana está "Confundo TikTok com Tok&Stok", seguida da descrição "vai se tratar garota, sai da minha loja", em referência a uma música famosa no app chinês. Confira:

Par ajudar outros usuários a "criarem" suas próprias comunidades, Predolin compartilhou o template em seu perfil.

Um fenômeno dos anos 2000

Criado em janeiro de 2004, o Orkut já tinha mais de 700 mil usuários no segundo semestre daquele ano. Na primeira versão da rede, só era possível criar uma conta por convite e colocar apenas 12 fotos no álbum.

ReproduçãoA comunidade Eu Odeio Acordar Cedo era uma das mais populares do Orkut (Reprodução)

Com o passar dos anos, porém, novidades foram incorporadas na plataforma, incluindo o histórico de visitas no perfil, os bonecos do Buddy Poke, Colheita Feliz e uma interface mais suave. A queda do Orkut foi ocasionada, em partes, pelo crescimento do Facebook no Brasil e a rede foi finalizada oficialmente em 2014.