Google vai considerar 'experiência de página' em seu buscador

1 min de leitura
Imagem de: Google vai considerar 'experiência de página' em seu buscador
Imagem: Pixabay
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Google anunciou nesta quinta-feira (28) que planeja considerar um novo fator para listar resultados em seu buscador: a experiência de página. Além disso, a empresa também afirmou que irá remover a tecnologia Accelerated Mobile Pages (AMP) dos Top Stories em dispositivos móveis.

De acordo com o comunicado, o fator experiência de página analisará a interação de usuários com um site. Para tanto, a Google utilizará a ferramenta Core Web Vitals que contém métricas que consideram aspectos como compatibilidade com dispositivos móveis e segurança de navegação.

a  Visualhunt/Reprodução 

“Embora todos os componentes de experiência sejam importantes, priorizaremos as páginas com as melhores informações, mesmo que possuam alguns aspectos inferiores quanto à experiência.”, explicou a empresa no comunicado. Com isso, o buscador dará prioridade a páginas com conteúdos mais relevantes. No entanto, se o Core Web Vitals identificar sites com conteúdos semelhantes que possuam diferenças na experiência de página, este último fator será considerado na classificação.

A Google espera implementar essas mudanças ainda neste ano. No entanto, a empresa se comprometeu em dar tempo suficiente para os desenvolvedores atualizarem suas páginas de acordo com as novas métricas.

Google vai considerar 'experiência de página' em seu buscador