Internet móvel ficará 3 vezes mais rápida até 2023, diz estudo

1 min de leitura
Imagem de: Internet móvel ficará 3 vezes mais rápida até 2023, diz estudo
Avatar do autor

Uma estimativa feita pela Cisco Systems, transnacional norte-americana especializada em redes, apontou que a velocidade média de internet nos celulares deve saltar de 13,2 Mb/s (referente a 2018) para 43,9 Mb/s até 2023.

A transnacional espera que, em apenas três anos, a rede de quinta geração já tenha sido adotada por vários países. Com isso, os usuários vão poder navegar com uma velocidade média de 575 Mb/s — 50 vezes a mais rápida se comparada à velocidade do 4G, que atinge até 100 Mb/s.

Enquanto a rede de quarta geração ainda está sendo ampliada, o 5G já está está nos processos iniciais de instalação — e, nesse contexto, o Japão já fala de 6G. Considerando isso, a Cisco destaca três países que devem liderar a competição e, por consequência, ter um maior percentual de usuários ativos nesta rede: China (20,7%), Japão (20,6%) e Reino Unido (19,5%).

(Fonte: Olhar Digital/Reprodução)

Até 2023, estima-se que 71% da população mundial (cerca de 5,3 bilhões de pessoas) deve ter acesso à conectividade móvel utilizando 2G, 3G, 4G ou 5G. Serão quase 30 bilhões de dispositivos conectados durante esse período, metade deste número categorizado em equipamentos móveis.

A empresa informa que, até este prazo, cada residência terá cerca de dez dispositivos e/ou conexões de rede — sendo 3,5 por pessoa. Além disso, em três anos, os pontos públicos de Wi-Fi 6 terão um crescimento de 11%.

Estimativas para a América Latina

A Cisco prevê que daqui a três anos, metade de todos os dispositivos móveis conectados em rede serão latino-americanos. Até 2023, a América Latina deve contabilizar 520 milhões de usuários de redes móveis.

Em comparação a 2018, a velocidade média da internet móvel terá um aumento de 3,6 vezes. No caso do Wi-Fi, o aumento deve ser de 3,3 vezes. As estiimativas são um pouco melhores quando o assunto é conexão de banda larga, que será 3,8 mais rápida. O que achou dessas projeções? Dê sua opinião nos comentários!

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Internet móvel ficará 3 vezes mais rápida até 2023, diz estudo