Redes 5G movimentarão US$ 1,1 trilhão até 2025, diz relatório

1 min de leitura
Imagem de: Redes 5G movimentarão US$ 1,1 trilhão até 2025, diz relatório
Avatar do autor

Segundo um novo relatório da GSMA, a tecnologia 5G movimentará cerca US$ 1,1 trilhão em receita global até 2025. Ao longo desse período, a organização ainda prevê que uma em cada quatro conexões terá esse tipo de padrão. A rede foi já implantada comercialmente em 24 mercados, espalhados pelo mundo, por 46 operadoras.

“Nos últimos 12 meses, vimos o ‘hype’ do 5G abrir caminho para a realidade: milhões de consumidores já estão migrando para o 5G, enquanto as empresas estão começando a adotar serviços de fatiamento de rede habilitados para 5G, computação de ponta e serviços de baixa latência”, destacou Mats Granryd, diretor geral da organização.

A GSMA também destaca que 80% do investimento das operadoras daqui para frente será com foco na nova tecnologia. Devido à ampliação do sistema, nos próximos 14 anos serão injetados US$ 2,2 trilhões à economia global.

Samsung lançou já em 2019 edições 5G da série Galaxy S10. (Fonte: Wikipedia Commons)

4G ainda terá ampla aderência

O relatório também informa que o número de assinantes de redes móveis está desacelerando em todo o mundo. Contudo, o cenário deve mudar até 2025, passando de 5,2 bilhões para 5,8 bilhões.

Por enquanto, a tecnologia 4G domina 52% da fatia global. E, mesmo com a chegada da versão atualizada, ela continuará em crescimento anos próximos quatro anos, ao representar 56% das conexões disponíveis.

Conforme a GSMA, quase metade da população mundial (3,8 bilhões de pessoas) está conectada à internet móvel. No período projetado, esse número será ampliado para 61%, com 5 bilhões de usuários totais.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Redes 5G movimentarão US$ 1,1 trilhão até 2025, diz relatório