Programas gratuitos invadiram a internet e estão longe de serem extintos, já que fazem um grande sucesso, inclusive entre os usuários brasileiros. Alguns programas gratuitos chegam até a superar a qualidade de certos softwares pagos. Com os antivírus não poderia deixar de ser diferente. Existem incontáveis opções diferentes de programas que prometem manter o seu computador seguro de ameaças digitais, sem cobrar nada por isso.

Neste artigo mostraremos como utilizar um dos programas que se encaixa na febre de programas gratuitos: o ClamWin Free Antivirus. Trata-se de um programa simples, mas com funções indispensáveis para quem quer manter o PC livre de pragas. Lembramos que o ClamWin não é um antivírus completo. Algumas funções necessárias para quem costuma usar muito a internet não estão presentes. No entanto, as pessoas que possuem computadores mais antigos, com grandes limitações no desempenho, certamente gostarão de usar o ClamWin devido à sua simplicidade e leveza.

Logo do ClamWinO ClamWin não possui o que chamamos de “proteção proativa”, ou seja, para manter seu computador livre de ameaças, você deve executar manualmente a verificação, ou criar um agendamento para que o programa faça a busca por vírus em tempos programados. Existe uma proteção contra vírus recebidos e enviados através de e-mails, mas o ClamWin só faz a verificação se você utilizar o Microsot Outlook.

Verificando unidades inteiras

A interface do ClamWin não poderia ser mais simples. Para fazer uma verificação completa em um ou vários discos rígidos, basta que você clique na letra da unidade desejada e, caso seja mais de uma, pressione CTRL enquanto seleciona as demais. Depois, basta clicar em “Scan” para que o ClamWin comece a examinar as áreas selecionadas.

Verificando unidades inteiras.

Protegendo a memória

A memória RAM do PC é extremamente crítica em relação a infecções por vírus. Clicando no terceiro botão da barra de ferramentas (botão com uma lupa e um microchip), você dá o comando ao ClamWin para que ele inicie uma varredura na memória RAM em busca de ameaças em potencial.

Protegendo a memória.

Mantenha-se atualizado

A quantidade de vírus novos que surgem diariamente é grande. Portanto, para se manter protegido, você deve atualizar constantemente as definições de vírus do seu programa antivírus. Para fazer isso no ClamWin, basta clicar no segundo botão da barra de ferramentas (botão com uma folha e uma imagem do planeta). Ao clicar nessa opção, o antivírus baixará automaticamente as vacinas mais recentes.

Mantenha-se atualizado.

Agendamentos

O ClamWin não é dos antivírus mais automatizados que existem, mas você pode resolver o problema em parte utilizando os agendamentos. Para isso, clique no primeiro botão da barra de ferramentas para abrir a tela de opções. Localize a aba “Scheduled Scans”. Essa tela contempla todos os agendamentos feitos. Clique em “Add” para abrir a janela de opções e definir datas, horários e periodicidade das verificações. Quando terminar, clique em OK, depois em OK novamente para voltar à tela principal do programa.

Agendamentos

Opções avançadas

Se clicar no botão de preferências — conforme descrito acima —, você poderá alterar uma série de configurações adicionais do ClamWin, como o envio de um e-mail para o endereço que você desejar, caso o programa encontre algum vírus no computador. Também é possível alterar a freqüência com que o antivírus procura por atualizações nas definições, além de diversas outras configurações avançadas.

É certo que qualquer pessoa, por menos que entenda de informática, conseguirá utilizar o ClamWin. Principalmente se o seu nível de inglês for pelo menos básico. Vale lembrar novamente que os usuários que possuem computadores com menos poder de processamento (mesmo não sendo computadores velhos), encontrarão no ClamWin uma boa opção de antivírus, sem comprometer muitos recursos da máquina.

Cupons de desconto TecMundo: