Imagem de: Índia segue líder no ranking dos países que mais usam rede móvel no mundo

Índia segue líder no ranking dos países que mais usam rede móvel no mundo

1 min de leitura
Avatar do autor

O relatório de mobilidade de junho, divulgado pela Ericsson, apontou os indianos na liderança do ranking de conectividade móvel mundial. Apesar de não ser uma novidade, os dados de 2018 e deste ano comprovam que a região segue em um ritmo de consumo cada vez mais intenso.

A média mensal no país está na faixa dos 9,8 GB por usuário. Segundo a previsão da Ericsson baseada nesse novo relatório, o consumo médio de internet móvel pelos indianos deverá ser quase o quádruplo até 2024, com cada indiano usando 39 GB mensalmente. A maioria dos territórios também apresenta crescimento expressivo nos próximos anos.

O segundo lugar do ranking é mais óbvio, sendo ocupado pela Coréia do Sul e Japão. Nessa região (nordeste asiático), a média por usuário fica em torno de 7,1 GB por mês. O terceiro lugar está com os norte-americanos, que chegam a uma média de 7 GB ao mês por usuário.

Se os indianos ocupam o topo como território líder em conectividade, o mesmo não pode ser dito da velocidade de download. Nesse ponto, o país ocupa a 109° posição em internet móvel, com uma velocidade média de 9,01 Mbps. Nesse quesito, a liderança do ranking fica com os noruegueses com média de download de 62,07 mbps.

América Latina

A América Latina aparece somente muito mais embaixo no ranking, tanto no momento atual quanto nas projeções futuras. Hoje, a média é de 3,1 GB consumidos por mês, volume que deve sextuplicar nos próximos seis anos e alcançar 18 GB mensais.

E isso tem uma explicação simples de ser entendida: na Índia e na maior parte das regiões do mundo, os planos cada vez mais amplos e com preços mais acessíveis aumentam quase que na mesma proporção em que cresce o uso de serviços de entretenimento, a exemplo do streaming. Agora, basta aliar isso aos preços mais em conta dos aparelhos que fica fácil entender parte do motivo.

Entretanto, algo facilmente percebido na América Latina e, especialmente no Brasil, são planos cada vez mais limitados e os preços dos smartphones quase nunca são interessantes. Como economizamos demais devido a esses fatores, estamos na penúltima posição do ranking, com uma média mensal de 3,1GB de consumo. 

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Índia segue líder no ranking dos países que mais usam rede móvel no mundo