Imagem de: Razer é criticada por romper com influenciadora que repreendeu seguidor

Razer é criticada por romper com influenciadora que repreendeu seguidor

2 min de leitura
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

Um assunto domina a internet nos últimos dias: a fala da influenciadora digital conhecida por fazer streaming de jogos, Gabi Cattuzzo, e o posicionamento da marca de acessórios para games Razer.

Na última sexta-feira (25) Gabi publicou uma foto sua em um touro mecânico e recebeu comentários com ofensas sexuais em tom de piada. Irritada, a influenciadora respondeu de forma ríspida. Quando questionada se precisava generalizar as ações masculinas, Gabi, acostumada com ambientes dominados por homens, respondeu sustentando seu  discurso.

Acompanhe:

gabi(Fonte: Twitter/ Reprodução)

Os tweets geraram muita controvérsia, com pessoas apoiando a influenciadora e outras a condenando e pedindo para que a Razer encerrasse o contrato que tinha com Gabi para divulgar seu produtos.

A resposta da marca foi dada em uma nota nesta segunda (21) dizendo que a Gabi Cattuzzo não é porta-voz da empresa e que o contato de divulgação da influenciadora não será renovado.

Repercussão

A resposta, apesar de agradar parte do público da marca, decepcionou muitas pessoas  principalmente o público feminino.

Gabi Cattuzzo anunciou que está sendo ameaçada e que se afastará das redes sociais.

A influenciadora publicou também uma nota explicando o ocorrido, onde diz que sua intenção não foi ser misândrica e xingar todos os homens.

"Entendam por favor: eu posto fotos todos os dias, e todos os dias a maior parte dos comentários são ofensivos ou sexualizando algo que nem tem como ser sexualizado. São poucos os homens que comentam com coisas interessantes ou comentários não-ofensivos aqui no Twitter (e por essas pessoas eu sou grata, são as exceções que salvam o meu dia)", declarou.

Algumas mulheres profissionais do meio de games questionaram se a medida seria a mesma se o depoimento tivesse sido dado por um homem.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Razer é criticada por romper com influenciadora que repreendeu seguidor