Muitos usuários dos serviços da Google, como o Fotos, aproveitavam a facilidade de acessar as imagens através do sistema de armazenamento em nuvem do Drive. Agora, parece que a empresa está tentando separar os dois serviços em uma mudança que deve começar a valer a partir de julho.

Desenvolvedores começaram a estudar o código dos aplicativos do Drive e notaram duas notificações que mostram que as imagens enviadas ao Google Fotos não serão automaticamente acessíveis pelo Drive. Os dados encontrados foram os seguintes:

"A partir de julho, sua biblioteca do Google Fotos não poderá mais ser sincronizada com o Google Drive. Todos os seus arquivos estarão seguros no Google Fotos."

"Sua pasta Google Fotos não está mais sincronizando com o Google Fotos. Todas as suas fotos estão seguras no Google Fotos."

Depois de muito tempo aparecendo como uma opção dentro do Google Drive, o Fotos foi escondido da maioria dos usuários, que precisavam ir até as configurações do serviço de armazenamento para criar uma pasta para o serviço e então sincronizá-la com a função de imagens da Google.

De acordo com código, os usuários receberão a primeira mensagem de aviso até o início de julho. Em seguida, a pasta criada deixará de ser sincronizada e o segundo aviso será mostrado.

Imagem: Reprodução/Android Police

Por enquanto, essa mudança deverá afetar apenas os usuários da versão mobile, já que acessando o Drive pelo desktop nenhuma notificação sobre o fim da sincronização é revelada. A Google ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.