Apple TV+ é o selo de streaming da Maçã para competir com a Netflix

1 min de leitura
Imagem de: Apple TV+ é o selo de streaming da Maçã para competir com a Netflix
Avatar do autor

A Apple anunciou hoje a chegada de um novo Apple TV, renovado e agora oferecido como uma plataforma de streaming completa. O hub de entretenimento audiovisual foi apresentado nesta tarde com o Apple TV Channels, que permite aos clientes assinarem canais de TV paga de forma individual, e com o Apple TV+, selo de filmes e seriados originais da Maçã que vem para competir com Netflix e outros nomes do setor.

E os primeiros conteúdos originais apresentados pela Apple contaram com a participação de alguns de seus idealizadores no palco do Steve Jobs Theater. Algumas delas foram “Amazing Stories”, que contou com apresentação de Steven Spielberg, da série dramática “The Morning Show”, com Jennifer Aniston (“Todo Poderoso”), Reese Witherspoon (“Livre”) e Steve Carell (“Pequena Miss Sunshine”), e dos programas em parceria com Oprah Winfrey.

A lista de materiais originais da Apple é grande e inclui, ainda, programas como “For All Manking”, estrelado por Joel Kinnaman (“Esquadrão Suicida”), e “See”, com Jason Momoa (“Aquaman”) e Alfre Woodard (do seriado “Luke Cage”) — confira aqui a lista completa de programas já confirmados para o Apple TV+.

Preço e disponibilidade

A Apple ainda não revelou o preço da mensalidade do Apple TV+, mas prometeu o seu lançamento para o terceiro trimestre de 2019. O Apple TV+ funcionará dentro do novo app Apple TV, que terá versões para iOS, macOS, Apple TV, smart TVs da Samsung, Sony, LG e Vizio e para os dongles Amazon Fire TV e Roku.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple TV+ é o selo de streaming da Maçã para competir com a Netflix