A Apple anunciou nesta segunda (25) o seu próprio serviço de streaming. Depois de muita expectativa, a companhia finalmente acabou com o mistério e a novidade foi apresentada no palco Steve Jobs Theater, nos Estados Unidos.

Trata-se de uma renovação do aplicativo a Apple TV, que ganha mais funções e se torna uma espécie de hub de conteúdo audiovisual com conteúdo original da Apple, transmissões esportivas, acesso a canais de TV fechada e a serviços de streaming de terceiros, como Hulu e Amazon Prime Video.

Apple TV+

A seção do streaming da Apple que reunirá os conteúdos originais da empresa será o Apple TV+. A novidade já conta com alguns programas anunciados, como a série de ficção científica "Amazing Stories", de Steven Spielberg, e a série dramática "The Morning Show", com Reese Whiterspoon, Jennifer Aniston e Steve Carrel, e os novos programas em parceria com Oprah Winfrey — com todos eles dando as caras durante o evento de anúncio do novo serviço.

Apple TVApple TV+ é o selo de conteúdos originais da Apple TV. (Fonte: Apple/Reprodução)

Apple TV Channels

Como anteciparam alguns rumores, o novo streaming será baseado na assinatura individual de canais, como uma espécie de TV por assinatura personalizada. Chamado de Apple TV Channels, essa é a grande novidade relacionada à oferta de conteúdos de TV por meio de streaming: em vez de assinar um pacote fechado, os clientes do Apple TV poderão contratar canais como HBO, Showtime e Cinemax de forma individual e personalizada.

Apple TVApple TV contará com conteúdo próprio, streaming de terceiros e canais pagos. (Fonte: Apple/Reprodução)

Mais streaming

Além disso, plataformas de streaming como Hulu, Amazon Prime e ESPN Watch também poderão ser assinadas por meio do novo Apple TV. Como era de se esperar, os filmes e programas adquiridos no iTunes também estarão disponíveis em sua conta da forma tradicional — todo o catálogo de filmes e seriados do iTunes estará disponível para compra e aluguel.

Resumindo: o Apple TV reunirá não apenas o conteúdo próprio da Apple, mas também filmes e seriados distribuídos por meio do Hulu, do Amazon Prime e de canais esportivos como ESPN e o TNT Sports, por exemplo — lembrando que a Netflix se recusou a oferecer seu conteúdo por meio do Apple TV.

Em todos os lugares

O Apple TV transmitirá conteúdos em 4K em todos os dispositivos da Maçã, do iPad ao iPhone, passando pelo set-top box Apple TV e pelos Mac. A grande novidade do dia ficou por conta do anúncio de um aplicativo para smart TVs da Samsung, LG, Sony e Vizio, e de um app para os dongles Fire TV, da Amazon, e Roku.

Até então disponível em apenas 10 países, o novo aplicativo do Apple TV estará disponível em mais de 100 países, informou a Maçã. Não foram revelados os preços de nenhum dos novos serviços de TV da Apple, mas a empresa garantiu que o seu lançamento ocorre no terceiro trimestre de 2019 (provavelmente junto dos novos iPhones).

Cupons de desconto TecMundo: