Brasil fica entre os 100 países com gigabyte mais caro na franquia móvel

1 min de leitura
Imagem de: Brasil fica entre os 100 países com gigabyte mais caro na franquia móvel
Avatar do autor

Quanto custa em média o gigabyte na banda larga móvel no Brasil e em que posição esse preço se situa no mundo todo? Essas questões e outras estão na pesquisa divulgada nesta semana pelo site britânico Cable, que compara os preços e planos do setor de telecomunicações. De acordo com esse levantamento, 1 GB de franquia custa US$ 3,50, o que deixa a gente na 74ª posição do ranking, entre mais de 6,3 mil planos de 230 países avaliados.

O preço mais caro encontrado por aqui foi US$ 10,18 e o mais barato, US$ 1,50

Foram 27 planos nacionais examinados no dia 6 de novembro do ano passado. O preço mais caro do gigabyte móvel encontrado por aqui foi de US$ 10,18, enquanto o mais barato foi de US$ 1,50. A metodologia não deixa muito claro se todos os impostos foram considerados, contudo outros estudos apontam para uma das maiores cargas tributárias do mundo — aliás, a União Internacional de Telecomunicações diz que as taxas por aqui chegam a 40% sobre o total, enquanto a média global marca os 16%.

Na América do Sul, a região com números mais altos é o das Ilhas Malvinas, com 1 GB custando uma média de US$ 47,39 — o território de difícil acesso no extremo Sul representa o quarto mais caro do mundo. O Chile, com US$ 1,87, é o mais barateza do continente e o único entre os 50 mais em conta em todo o globo.

dadosFonte: Cable

Os valores mais baixos foram encontrados na Índia (US$ 0,26), na Rússia (US$ 0,91) e na Itália (US$ 0,91). Entre os mais altos estão Estados Unidos (US$ 12,37), Coreia do Sul (US$ 15,12) e Suíça (US$ 20,22). O “campeão” é o Zimbábue, com US$ 75,20 por gigabyte.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Brasil fica entre os 100 países com gigabyte mais caro na franquia móvel