Falta de Bob Esponja dá 730 mil dislikes em vídeo de intervalo do SuperBowl

2 min de leitura
Imagem de: Falta de Bob Esponja dá 730 mil dislikes em vídeo de intervalo do SuperBowl
Avatar do autor

O SuperBowl, a final do campeonato de futebol americano dos Estados Unidos, aconteceu no último domingo (03) e, como sempre, chamou atenção por seus comerciais milionários e seu tradicional show do intervalo. Nesse ano, quem se apresentou foi Adam Levine e sua banda Maroon 5, além dos artistas Travis Scott e Big Boi, mas quem roubou a cena foi Bob Esponja, ou melhor, a quase ausência dele.

A história é um pouco complexa, mas vamos lá: quem acompanha o desenho animado do Bob Esponja sabe que existe um número musical na animação que tem tudo a ver com futebol americano: trata-se de Sweet Victory (“doce vitória”), que é uma das favoritas dos fãs.

Com o triste falecimento de Stephen Hillenburg, criador de Bob Esponja, os fãs tiveram uma ótima ideia: que a NFL, organizadora do SuperBowl, homenageasse o cartunista e educador tocando Sweet Victory em algum momento do show do intervalo. Para isso, organizaram uma petição online que contou com mais de 1,2 milhão de assinaturas até a data do evento.

Será que vai rolar? Parece que sim!

O que acabou rolando talvez tenha sido pior para os fãs do que se simplesmente não tivessem feito absolutamente nada

O que acabou atiçando ainda mais os fãs ávidos pela homenagem foi uma espécie de teaser que a banda Maroon 5 publicou em seu Twitter oficial no dia 13 de janeiro onde é possível ver um rápido frame onde o personagem Bob Esponja aparece, aproveitando-se de toda a empolgação em torno da possível exibição de Sweet Victory.

Tudo parecia estar caminhando bem para que a homenagem realmente acontecesse durante o halftime da partida, que terminou com uma vitória do New England Patriots sobre o Los Angeles Rams por 13 a 3. Só que o que acabou rolando talvez tenha sido pior para os fãs do que se simplesmente não tivessem feito absolutamente nada a respeito do adorado personagem de animação.

Decepção generalizada

Durante o show da banda no halftime do SuperBowl, que pode ser visto no vídeo oficial do evento, publicado pelo canal oficial da NFL no Twitter, apenas um trecho de alguns segundos de Sweet Victory – na verdade, uma parte onde ainda nem está rolando a música – foi mostrada para introduzir o artista Travis Scott.

Há uma enxurrada de comentários no vídeo indicando que a contagem de dislikes estaria sendo alterada pelo YouTube com o intuito de diminuir a rejeição do vídeo

A expectativa criada nos fãs da animação e o balde de água fria a seguir foi o necessário para despertar a raiva de muitas pessoas, que manifestaram sua decepção com mais de 730 mil dislikes no vídeo oficial da atração, algo até então sem precedentes, mesmo com muitas críticas a outros artistas que teriam feito shows ruins em outras edições do SuperBowl.

Para ajudar na polêmica, há uma enxurrada de comentários no vídeo indicando que a contagem de dislikes estaria sendo alterada pelo YouTube com o intuito de diminuir a rejeição do vídeo. Se isso realmente está acontecendo, é difícil de apontar, mas as reclamações são inúmeras e alguns usuários estão se prontificando a insistir nos dislikes para deixar bem claro que a homenagem que esperavam está bem longe do que receberam.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Falta de Bob Esponja dá 730 mil dislikes em vídeo de intervalo do SuperBowl