A empresa DuckDuckGo tem passado os últimos tempos se dedicando ao desenvolvimento do motor de buscas de mesmo nome, o qual visa proteger a privacidade do usuário. Agora, a Apple se tornou a mais nova parceira da empresa. Recentemente, foi anunciado que a Maçã será responsável por fornecer os resultados das pesquisas de mapas nas versões desktop e mobile do navegador.

Assim, o Apple Maps será o provedor padrão para pesquisas de endereços e locais, bem como o mapa utilizado quando o usuário quiser ver mais resultados de sua busca. Ainda, a empresa declarou que a novidade irá incluir melhorias nas buscas por endereços, novos recursos visuais, imagens de satélite aprimoradas e mapas atualizados constantemente.

Entretanto, os termos dessa parceria seguem confidenciais, o que não é de surpreender. Isso significa que não é possível saber a quantia que está envolvida no processo ou se a DuckDuckGo estará sob a restrição da Apple, que limita as visualizações dos mapas em usos gratuitos integrados na web.

Além disso, a Maçã não costuma facilitar as coisas para os desenvolvedores. Mesmo assim, a DuckDuckGo possui a vantagem da ferramenta Mapkit JS, da própria Apple. Esse recurso permite que os desenvolvedores utilizem mapas embedados, adicionem anotações necessárias e até mesmo sinalizem locais nos mapas.

Por email, o porta-voz da DuckDuckGo assegurou a privacidade dos dados dos usuários, declarando que nenhuma informação pessoal será compartilhada ou armazenada — e isso também vale para a integração com o Apple Maps. Para garantir a privacidade, todas as solicitações feitas são anônimas, de modo que os resultados das buscas serão sempre privados.