Justiça manda suspender jogo Bolsomito 2K18

1 min de leitura
Imagem de: Justiça manda suspender jogo Bolsomito 2K18
Avatar do autor

A Justiça determinou nesta quarta-feira (19) a suspensão do jogo Bolsomito 2K18. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) por meio da Unidade Especial de Proteção de Dados e Inteligência Artificial (Espec) e, agora, a Valve deve remover o jogo do catálogo da Steam.

A decisão dada pelo desembargador Álvaro Ciarlini, da 3ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), afirma que “o conteúdo manifestado, de forma expressa e impactante pelo jogo eletrônico em questão, promove desvalores como a discriminação racial, bem como a opressão, o preconceito e a violência, inclusive a prática de homicídio e a intolerância.”

A Espec havia ajuizado uma ação civil pública no último dia 5 solicitando urgência na remoção do jogo, mas teve o pedido negado. A unidade então recorreu e teve a solicitação atendida. Depois disso, a BS Studios, desenvolvedora do game, mudou o título e a URL do jogo para possivelmente tentar dificultar a ação das autoridades. Ainda de acordo com o MPDTF, há indícios de possíveis crimes tributários e financeiros praticados pela companhia.

No jogo que ganhou notoriedade em outubro, durante as eleições de 2018, o jogador assume o papel do presidente eleito Jair Bolsonaro e ganha pontos ao agredir e matar negros, mulheres, homossexuais, políticos e integrantes de movimentos sociais.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Justiça manda suspender jogo Bolsomito 2K18