Um caso bizarro de canibalismo que foi descoberto na Rússia vem chamando a atenção de todo mundo. Dimitry Baksheev e sua esposa Natalia Bakasheeva foram detidos na região de Krasnodar depois que fotografias foram encontradas no celular de Dimitry, com evidências do crime.

The acordo com o The Independent, o celular tem várias imagens de Dimitry segurando a cabeça e as mãos de sua última vítima. O aparelho foi encontrado por uma pessoa no começo de setembro que, ao ver as fotos, entrou em contato com a polícia.

Natalia, que também está presa, acabou confessando que ela e o marido fizeram pelo menos 30 vítimas nos últimos 18 anos. Há suspeitas, inclusive, de que a mulher tenha alimentado com carne humana soldados de uma academia militar onde ela e o marido trabalhavam e onde foram encontrados pedaços de carne humana escondidos em uma sacola.

Investigações

Na casa do casal a polícia encontrou mais provas de canibalismo: sete caixas com pedaços desmembrados de pessoas e 19 amostras de pele humana em potes de conserva.

A polícia disse que o casal encontrava suas vítimas através de aplicativos de namoro, mas ainda está investigando o caso. Em uma das fotos encontradas no celular, há uma mesa posta com uma cabeça humana em meio a uma seleta de frutas. O casal continua preso e é acusado de assassinato enquanto as investigações continuam.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Casal de canibais usava aplicativos de namoro para encontrar vítimas via Mega Curioso