O estresse da rotina (quase) sempre mantem as mentes ocupadas e sempre atarefadas. Desse modo, alguns fins de semanas são compostos somente por um vazio existencial terrível. Problema que a internet busca solucionar a todo instante. Trouxemos então mais 5 sites que podem te entreter durante esses dias.

1. QWOP

Um clássico conhecido por muitos. Muitos youtubers já fizeram vídeos se arriscando nesse desafiador jogo onde seu objetivo é simplesmente "correr". Com conjunto de controles simples, embora exigindo prática, você assume o controle de um atleta com objetivo de chegar ao fim da pista de 100 metros — comandando apenas as pernas.

2. Instructables

Esse site oferece a oportunidade de aprender a construir coisas muito úteis. Com uma vasta lista de tutoriais que propõem ensinar a construir dispositivos eletrônicos (como LEDs e aplicações de Arduino) até anéis; objetos decorativos e receitas. São inúmeros itens que podem ser construídos.

O Instructables ainda incentiva que o usuário compartilhe seus conhecimentos e produza suas próprias aulas. Vai que o site te dá uma boa ideia de projeto escolar ou ajude a decorar a casa?

3. The Oatmeal

Aquelas tirinhas que são encontradas no Facebook estão (em grande parte) aqui. O The Oatmeal oferece um compilado enorme de tirinhas rápidas e bem humoradas representando as diversas situações da vida. Certamente você se identificará com algumas delas.

4. CodePen - Gravity Points

A física é algo que desperta certo facínio — ainda mais quando se trata sobre o espaço. Esse "simulador" demonstra a atuação da gravidade em partículas. Pode não ser tão fiel a realidade, mas ainda assim é extremamente hipnotizante.

5. Internet Archive - Wayback Machine

A Internet evoluiu em incrível velocidade nos últimos 20 anos. Há quem sinta saudade das antigas aparências dos sites, atualmente famosos, que apenas "engatinhavam" anos atrás. A plataforma oferece uma enorme lista de páginas salvas e que são capazes de provocar sentimentos nostálgicos.

Uma sugestão é acessar o Google de 1999 (que ainda assumia o nome Google! Beta). Mostrando que a marca não conquistou o sucesso de repente.