A Google celebra neste mês os 10 anos do Google Chrome, o navegador que revolucionou o conceito de navegadores em 2008 e vem fazendo um bom trabalho em relação à segurança do usuário durante a última década. Agora, o próximo passo da Gigante da Web é melhorar um item básico da web: as URLs.

“As pessoas têm dificuldades para entender as URLs”, comentou Adrienne Porter Felt, diretora de engenharia da equipe responsável pelo Chrome, em entrevista à Wired. “Queremos chegar a um lugar no qual a identidade da web seja inteligível para todos — que eles saibam com quem estão falando quando usam um site e possam refletir se é possível confiar.”

O avanço da web aumentou e complicou os endereços, o que é um problema especialmente para quem navega em smartphones, que têm menos espaço do que os PCs para exibir endereços completos. Essa característica também favorece a realização de golpes com páginas falsas — e são esses os problemas mirados pela Google.

Soluções?

Apesar disso, ainda não se sabe ao certo como a Google pretende simplificar ou mesmo eliminar, em último caso, uma das características mas intrínsecas da web em si. Uma dica, porém, veio da própria Porter Felt. Ao responder uma pergunta de um seguidor no Twitter, a executiva defendeu que a Google trabalha em uma maneira de dar mais destaque aos identificadores de identidade das URLs.

“Estamos explorando formas de chamar a atenção para os indicadores de identidade corretos nos momentos certos”, escreveu a executiva.

Ainda na entrevista à Wired, Porter Felt adianta que a equipe da Google responsável por pensar em uma alternativa já sabe que, qualquer que seja, a proposta feita pela equipe do Chrome será controversa. “Esse é um dos desafios de uma plataforma realmente velha e ampla”, comentou.

Cupons de desconto TecMundo: