Um estudo realizado pela francesa nPerf, responsável por um teste de velocidade disponível na web e em aplicativos móveis, foi publicado nesta quarta-feira (18) e mostra as velocidades das conexões por internet fixa no Brasil durante todo o primeiro semestre de 2018.

De acordo com a nPerf, esse é o estudo do tipo com a maior amostra no país, com mais de 3 milhões de testes realizados durante o período de 1º de janeiro a 31 de junho deste ano.

Quando o assunto é velocidade de download, a NET ficou em primeiro lugar com uma média de 33.49 Mb/s, acima da média de velocidade nacional, que foi de 24.77 Mb/s. Vivo e TIM ficaram praticamente empatadas na segunda colocação, à frente da Algar Telecom e da Oi.

Um gráfico.

O estudo também mostra se elas conseguem manter essas velocidades constantes ao longo do dia. No gráfico abaixo, é possível ver que quase todas as operadoras enfrentam quedas nas velocidades médias durante o período de 18h às 22h, quando o uso é mais intenso. Enquanto isso, as melhores velocidades costumam ser registradas durante a manhã ou no meio da madrugada.

Um gráfico.

O cenário muda bastante quando o assunto é a velocidade de upload. Nesse ponto, a TIM passa a ocupar o primeiro lugar, seguida de perto pela Vivo. Além delas, a Algar Telecom também obteve números acima da média nacional de 6.84 Mb/s.

Um gráfico.

A TIM também fica em primeiro nos testes de latência, que medem o tempo de resposta durante a conexão entre o cliente e a rede. Nesse quesito, apenas a Oi teve desempenho pior que o da média do Brasil, que foi de 63,66 ms.

Um gráfico.

Em resumo, a NET se saiu melhor no download, enquanto a TIM ficou em primeiro tanto em upload como em latência. Em todos os casos, a Oi obteve os piores resultados. A análise da nPerf é que, das operadoras que foram avaliadas no teste, TIM, NET e Vivo oferecem os melhores serviços. Você pode conferir aqui o estudo completo, que contém mais detalhes da metodologia utilizada.