Colocar o seu próprio nome no Google não é uma atividade incomum, mas sempre existe a possibilidade de você se deparar com resultados nada agradáveis. Foi o caso de Milorad Trkulja, que começou a ter problemas após levar um tiro em 2004, na cidade australiana de Melbourne.

Trkulja afirma que seu nome ficou associado a gangues e criminosos nas pesquisas do Google, além de ver sua foto aparecendo em buscas como “criminosos em Melbourne”. Ele já processou a Google por difamação em 2012 e recebeu uma indenização de 200 mil dólares australianos (R$ 560 mil).

No ano seguinte, Trkulja abriu uma segunda ação de difamação contra a empresa. A Google ganhou a primeira rodada do caso, mas a Suprema Corte da Austrália decidiu que Trkulja poderá apelar da decisão por considerar que há potencial difamação no caso.

Entre as reclamações, ele diz que tem seu nome associado ao criminoso Tony Mokbel. Isso provavelmente acontece porque as notícias sobre o tiro que recebeu associam o caso a uma onda generalizada de crimes que ocorreu na época e tinham ligação com o esquema de tráfico de drogas comandado por Mokbel. O Google não se pronunciou sobre a situação.

Cupons de desconto TecMundo: