Paul Jacobs, ex-diretor executivo da Qualcomm, anunciou que está abrindo uma nova empresa focada em conectividade sem fio. A startup se chama XCOM (não confunda com a série de jogos de estratégia de mesmo nome) e promete trabalhar para resolver problemas na área de 5G.

“Sentimos que não há investimentos suficientes acontecendo em comunicações e tecnologia sem fio, especialmente nos EUA”, disse Derek Aberle, outro executivo da Qualcomm que se juntou a Jacobs e será chefe de operações da XCOM. Eles também foram acompanhados por Matthew Grob, que era chefe de tecnologia da Qualcomm.

Jacobs ainda quer comprar a Qualcomm

Apesar do novo projeto, Jacobs continua colocando em prática seu plano de tentar comprar a Qualcomm, empresa que foi fundada por seu pai, Irwin Jacobs. Paul deixou a empresa em março, após a chinesa Broadcom tentar adquirir a companhia e ser vetada por uma decisão de Donald Trump, presidente dos EUA. Atualmente, o diretor da XCOM é dono de 1% da Qualcomm, que está avaliada em cerca de US$ 90 bilhões.

Para completar essa aquisição, ele terá que convencer investidores a colocar uma alta quantia de dinheiro na ideia. Por enquanto, a XCOM está em fase de contratação para começar a operar. Os executivos dizem até que a Qualcomm pode se tornar uma parceira ou mesmo cliente da nova empresa, já que os modelos de negócios de ambas se complementam.