O aplicativo de bate-papo Simsimi foi suspenso no Brasil na última sexta-feira (20). De acordo com a própria empresa por trás do app, o Simsimi "aprendeu" a dar respostas impróprias e, por causa disso, a melhor decisão foi tirá-lo do ar no país.

Recentemente, diversos relatos começaram a indicar que o chatbot — baseado em inteligência artificial — começou a fazer ameaças de sequestros e assassinatos, além de praticar conversas inapropriadas para menores de idade.

Esse tipo de abuso é inédito na plataforma e que o sistema só será restabelecido no país após a companhia conseguir desenvolver controles para evitar a situação

"Os usuários de smartphones brasileiros não poderão mais baixar o aplicativo SimSimi na Play Store e App Store. Isso é inevitável porque o aplicativo SimSimi, pelo menos nos últimos dias, teve um impacto social negativo significativo no Brasil", disse a empresa responsável pelo app, em seu blog corporativo, como nota o G1.

A empresa nota que os usuários brasileiros "estão ensinando respostas maliciosas ao SimSimi". Além disso, que "esse tipo de abuso é inédito na plataforma e que o sistema só será restabelecido no país após a companhia conseguir desenvolver controles para evitar a situação".