Comédia é algo complicado quando se falta criatividade. E é complicado usar a criatividade quando tanta coisa boa já foi inventada. Ainda assim, muita coisa das quais rimos hoje em dia, especialmente quando são popularizadas pela internet, podem não ser tão novas ou originais assim.

É o que acontece com um certo meme que muita gente compartilha por aí nas redes sociais. Trata-se de uma piada com a comparação entre dois momentos distintos de uma pessoa que brinca com como alguém acha que parece e como ela realmente parece. Você já deve ter visto por aí algumas versões desse meme, como esse a seguir:

aVocê acha que parece o Brad Pitt, mas está a cara do Mr. Bean

Pois bem: se você acredita que isso foi inventado na era da internet, está enganado. Uma tirinha publicada em uma revista norte-americana de 1921 faz a mesmíssima brincadeira adaptada, obviamente, para a realidade daquela época. No quadrinho, um homem desenhado caprichosamente representa, do lado esquerdo, como a pessoa aparecia bem nas antigas fotos que eram iluminadas pela queima de magnésio – o “flash” das câmeras da época. Do lado direito, a dura realidade: um homenzinho no mínimo esquisito revela qual a aparência verdadeira do fotografado.

a"Como você acha que parece quando uma foto com flash é tirada" / "Como você realmente é"

É curioso ver como isso é similar a piadas que poderiam ser feitas hoje, com a quantidade de recursos tecnológicos em câmeras de smartphones que servem para melhorar não apenas objetos e paisagens, mas também nossos queridos rostos. Tem muita gente por aí que saí com cara de modelo nas fotos só graças a filtros e correções das câmeras, não é mesmo?