As fontes tipográficas são essenciais para a construção de uma marca, assim como para seu reconhecimento junto ao público. Grandes empresas de tecnologia uma identidade visual bastante icônica, a exemplo da Apple, da Google, da Samsung e Microsoft. E a Netflix acaba de entrar para essa lista, com a Netflix Sans.

O corte arqueado em ‘t’ minúsculo é discretamente inspirado pela curva cinemascópica, que é tão icônica para a marca e o símbolo da marca, diz o criador

O serviço de streaming vinha utilizando a Gotham e algumas variações, o que não somente deixava a coisa um pouco impessoal — a revista GQ e até a campanha de Barack Obama já usaram a mesma opção — como também custava “milhões de dólares” por ano em licenciamento. Pode parecer que não, mas esse é um mercado importante, e não à toa a Blambot é, por exemplo, considerada uma das empresas mais influentes e que mais faturam na indústria norte-americana de quadrinhos.

“As características únicas da fonte tipográfica foram escolhidas com muito cuidado, uma vez que servem para fins funcionais e de exibição. As linhas limpas e neutras dão sem tirar, favorecendo a arte sobre a distração e eliminando o excesso. O corte arqueado em ‘t’ minúsculo é discretamente inspirado pela curva cinemascópica, que é tão icônica para a marca e o símbolo da marca”, viaja o líder do projeto, Noah Nathan.

Os elementos foram todos detalhados em seu site, veja na galeria:

 

Até aqui parece que ela vem sendo bem recebida e realmente cumpre o papel de identificar a Netflix — mas já tem gente reclamando. E você o que achou da novidade? Deixe o seu comentário logo abaixo.