O mundo da internet é maravilhoso e, ao mesmo tempo, perigoso. Se por um lado, passamos a ter acesso a uma infinidade de informações em tempo real de qualquer parte do mundo, por outro ficamos à mercê de dados falsos, notícias inventadas que podem causar muito mais estrago do que conseguimos imaginar. Diversos escândalos recentes trouxeram o assunto à tona e chegaram até a gerar o termo “fake news" (notícias falsas, em português) para descrever esse tipo de desinformação.

Empresas como a Google e o Facebook estão trabalhando com seus sistemas de inteligência artificial para identificar e remover de suas plataformas notícias falsas

É muito difícil, com a quantidade de informação passada pela internet, discernir perfeitamente o que é verdade e o que é mentira em artigos e matérias publicadas na rede. É claro que muitas das fake news podem ser desmascaradas com o uso do bom senso, mas esperar isso o tempo todo de todo mundo é querer demais.

Empresas como a Google e o Facebook estão trabalhando com seus sistemas de inteligência artificial para identificar e remover de suas plataformas notícias falsas, mas é um trabalho árduo: se para nós já é difícil, às vezes, descobrir fake news, imagina para um computador que ainda está aprendendo a entender as coisas.

Como identificar?

Para ajudar as pessoas que podem se confundir e cair nas falácias das fake news, a agência Lupa realizou uma parceria com o canal Futura – e ainda receberam apoio da Google – para criar um site no formato de um infográfico que vai ensinar as pessoas a terem uma ideia muito melhor do que pode ser uma informação ou notícia falsa publicada na internet.

Na dúvida, não compartilhe ou publique notícias que você não sabe se são verdadeiras

O projeto foi batizado de Fake ou News e pode ser acessado clicando aqui. Nele, você vai acessar uma série de informações que vão instrui-lo a identificar notícias mentirosas. Como a própria página diz, antes de compartilhar e opinar, vale duvidar, conferir e checar se os dados veiculados são, de fato, verdadeiros.

Fim à desinformação

No Fake ou News, você vai ler mais sobre como identificar as notícias falsas – é necessário procurar por frases fora de contexto, datas das informações, verificar o endereço das notícias para se saber de sua procedência e verificar o autor daquela matéria ou artigo. Tudo isso vai ajudar muito a descobrir se o que você está lendo é algo sério ou apenas inventado.

E vale um último conselho: na dúvida, não compartilhe ou publique notícias que você não sabe se são verdadeiras, mesmo que elas estejam de acordo com suas opiniões e posicionamento de qualquer tipo. Gerar desinformação pública é um problema grave que pode ter consequências bem ruins.

Cupons de desconto TecMundo: