O Spotify informou hoje (17) que a música “Só surubinha de leve”, de autoria de MC Diguinho, será excluída da sua plataforma de streaming nas próximas horas. A faixa vem sendo acusada de fazer apologia ao estupro e é duramente criticada no YouTube e em publicações diversas nas redes sociais.

Até o momento, contudo, a música ainda está disponível para execução no Spotify e vem com a marcação de “Explícito”, indicando que o conteúdo é sugestivo de alguma maneira. Remover músicas do catálogo é algo bastante incomum para o Spotify, o que torna a situação do MC ainda mais grave. Por outro lado, uma das postagens com o áudio da música no YouTube, entretanto, já tem mais de 14 milhões de visualizações. A publicação original da faixa foi feita em dezembro de 2017.

Gravadoras e artistas que publicam na plataforma são devidamente avisados sobre nossas diretrizes e são responsáveis pelo conteúdo que entregam

"Contatamos a distribuidora da música 'Só surubinha de Leve' a respeito do ocorrido e, fomos informados que a faixa será retirada da plataforma nas próximas horas, uma vez que o tema foi trazido à nossa atenção. A música está atualmente no Top Viral pois teve um pico de consumo nos últimos dias.O catálogo do Spotify é abastecido por centenas de milhares de gravadoras, artistas e distribuidoras em todo o mundo. Eles são devidamente avisados sobre nossas diretrizes e são responsáveis pelo conteúdo que entregam", informou o Spotify em comunicado oficial.

spotify

Na última segunda-feira (15), o MC anunciou no Twitter que estava gravando um clipe para “Só surubinha de leve”. Ontem (16), postou pequenos vídeos dos bastidores da produção no Instagram e vem recebendo comentários criticando a violência da letra.

No Twitter, várias publicações pedem que a música seja removida do Spotify por conta do refrão que canta: "taca bebida, depois taca pica e abandona na rua". Além disso, no YouTube, diversos criadores da plataforma publicaram suas próprias respostas à faixa de Diguinho. O MC não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, e sua publicação no Instagram anunciando que o clipe seria lançado hoje (17) foi removida. Por fim, temos informações de que o Apple Music já removeu a faixa em questão do seu serviço de streaming.