A Google atualizou a política de uso do Google Maps e trouxe algumas novidades que devem agradar comerciantes ou donos de estabelecimentos de atendimento ao público. A empresa agora considera um conflito de interesses avaliações postadas na plataforma por ex-funcionários de determinado estabelecimento.

Dessa forma, se você tem um restaurante, por exemplo, e demitiu garçom, ele não poderá “se vingar” da demissão através de uma avaliação negativa do estabelecimento no Google Maps. Caso a pessoa demitida faça uma avaliação desse tipo, o dono do local poderá pedir a remoção com base nas regras de conflito de interesses. Até então, a Google não tinha diretrizes para remover conteúdo dessa natureza, e a ação da empresa nessas situações era inconsistente, resolvendo alguns casos e outros não.

Avaliações são mais valiosas quando são honestas e não tendenciosas

O mesmo vale para pessoas que avaliam o próprio negócio ou o lugar onde trabalham no atualmente. Donos de estabelecimentos ou empregados também não podem avaliar negativamente os concorrentes com a finalidade de baixar sua pontuação.

“Avaliações são mais valiosas quando são honestas e não tendenciosas. Se você é dono de um negócio ou trabalha em algum estabelecimento, por favor, não avalie seu próprio local ou empregador”, diz a empresa nos novos termos de uso.

Cupons de desconto TecMundo: