Já faz um ano que a Google começou a experimentar novas maneiras de indexar as páginas na web, principalmente porque boa parte dos usuários atualmente utiliza plataformas móveis. Passado o período de testes, a companhia confirmou a priorização de sites responsivos em prol de melhores buscas em ambiente mobile e criou uma lista de recomendações para ajudar os donos de sites a entender melhor todo o processo.

A partir de agora, os webmasters verão um aumento significativo no rastreamento pelo GoogleBot de smartphones. Os trechos dos resultados, assim como o conteúdo nas páginas de cache da Google, serão da versão móvel das páginas. Os endereços que utilizam o design adaptável e implementam corretamente o serviço dinâmico — e isso inclui todo o conteúdo e a marcação da área de trabalho — não precisam fazer nada para estar naturalmente entre os resultados.

A gigante de Mountain View formulou um pequeno manual para ajudar as pessoas a colocarem suas URLs no mapa. Seguem as dicas:

  • Verifique se a versão móvel do site também possui o conteúdo importante e de alta qualidade. Isso inclui texto, imagens e vídeos, nos formatos indexáveis e rastreáveis
  • Os dados estruturados são importantes para a indexação e recursos de pesquisa. Assegure-se de que as URLs estejam também atualizadas para a versão móvel
  • Os metadados fornecem dicas sobre o conteúdo de uma página, para indexação e exibição. Certifique-se de que os títulos e os metadados estejam equivalentes em ambas as versões de todas as páginas
  • Não são necessárias alterações para interligação com URLs móveis separadas (sites m.-dot). Para páginas que usam URLs móveis separados, mantenha o link existente rel = canônico e ligue com os elementos alternativos dessas versões rel = alternate
  • Verifique os links da hreflang em URLs móveis separados. Ao usar os elementos link rel = hreflang para internacionalização, construa a conexão entre URLs móveis e de desktop separadamente. O hreflang de seus URLs móveis deve apontar para as versões de idioma/região em outras URLs móveis e, de forma semelhante, conectar a área de trabalho com URLs de desktop usando lá o hreflang com elementos do link
  • Certifique-se de que os servidores que hospedam o site tenham capacidade suficiente para lidar com a taxa de rastreamento potencialmente aumentada. Isso não afeta os endereços que usam design web responsivo e atendimento dinâmico, apenas aqueles em que a versão móvel está em um host separado, como m.example.com

Cupons de desconto TecMundo: