A disputa entre os lutadores Mayweather e McGregor no ringue de boxe atingiu números absurdos no que diz respeito ao streaming ilegal. Segundo a companhia de segurança digital Irdeto, é estimado que 2,9 milhões de espectadores tenham acompanhado a luta entre ambos através de um total de 239 transmissões ilegais no último sábado (27).

Em comparação aos números médios de transmissões para outras lutas, a diferença é abismal. A luta em que Anthony Joshua tomou o título de campeão peso-pesado no Boxe, por exemplo, teve um total de apenas 200 mil espectadores e 19 transmissões piratas – ou seja, mais de dez vezes maior.

“Essa é uma das lutas de boxe mais pirateadas, se não a mais pirateada, que nós já vimos”, afirmou Mark Mulready, vice-presidente de ciberserviços da Irdeto, em uma declaração feita nesta segunda-feira (28), segundo o site CNet.

Vale notar que a luta teria sido transmitida ilegalmente pelas mais variadas plataformas possíveis, indo de redes sociais como Facebook, Periscope, Twitch e YouTube, até sites dedicados a transmissões ilegais. Ao menos nos primeiros casos, os streamings foram derrubados logo que surgiam nos serviços.

Cupons de desconto TecMundo: