Com o passar dos anos, o Google se tornou sinônimo de busca na internet e é muito provável que isso não vá mudar em breve. Entretanto, a eficiência da ferramenta da empresa de Mountain View não impede que rivais de peso sejam desenvolvidos, como é o caso do Bing. Apesar de ainda estar longe de ameaçar o rival, o buscador da Microsoft já começa a demonstrar um certo músculo em alguns lugares, especialmente nos Estados Unidos.

No país norte-americano, o Bing apresentou um crescimento robusto ao longo dos últimos anos e, agora, já é utilizado em 33% das buscas. Vale lembrar que a plataforma oferece resultados em buscas de serviços como Yahoo! e AOL, e isso também entra na conta, mas o número não deixa de ser impressionante.

Depois dos EUA, o segundo país que proporcionalmente mais utiliza o Bing é Taiwan, com 26% das buscas realizadas por lá sendo feitas na plataforma da Microsoft. Em terceiro lugar está o Reino Unido, com 23%, enquanto Hong Kong e França fecham os cinco primeiros lugares em que o buscador é mais popular, com 20% e 19%, respectivamente.

Mundialmente, porém, o Bing tem um caminho ainda mais longo pela frente: atualmente, o motor de busca da Microsoft tem uma fatia global de 9%. De qualquer forma, a situação parece não tão desanimadora quando olhada de forma mais localizada. Será que o Google será ameaçado de fato pelo rival em breve?

Cupons de desconto TecMundo: