Tirar uma fotografia de uma cena com bastante cor não é uma tarefa difícil, mas fazer essas cores se destacarem a ponto de tornar a imagem marcante é um pequeno desafio. Existem alguns truques e ajustes na máquina que podem valorizar o colorido da sua foto, basta seguir alguns passos simples.

Cores fortes ajudam a compor o clima da fotografia (Fonte da imagem: Ana Nemes)

Escolha cores que não conflitem entre si

Não basta fotografar algo muito colorido, é preciso prestar atenção nos tons para que eles não “briguem” na imagem. Quando vemos algo assim, o nosso olho faz uma compensação natural de cor, porém, conforme já foi dito anteriormente, a câmera não consegue fazer isso e acaba gerando imagens com cores distorcidas ou exageradas.

Além disso, ter muitas cores fortes em uma cena, principalmente quando elas são muito diferentes, pode fazer com que ninguém consiga focar o olhar em uma área da imagem. Isso torna a fotografia confusa, sem um ponto de vista.

Não quer dizer que você não possa retratar cenas com uma diversidade grande de tonalidades, mas tome cuidado para que nada conflite pela atenção. Para isso, procure ter apenas uma ou, no máximo, duas cores dominantes na foto.

Com duas cores dominantes e fortes, o ideal é que o resto da imagem tenha tons neutros (Fonte da imagem: Ana Nemes)

Ajuste o balanço de branco

Para conseguir cores mais reais é preciso ajustar o balanço de branco da câmera, para que ela tenha uma referência visual e consiga calibrar os tons o mais próximo do real possível, se essa for a proposta. Não existe nada que impeça você de distorcer as cores da foto de acordo com o seu gosto pessoal, puxando para algum tom diferente do real.

O que mais importa é que, se for preciso, você saiba como ajustar o balanço de branco para conseguir exatamente o que você está querendo mostrar. Para saber mais sobre isso, leia o artigo sobre o tema, que explica o que é e como configurar essa opção na sua câmera.

Ajuste o balanço de branco para imagens com cores próximas do real (Fonte da imagem: Adolfo Wendpap)

Além do ajuste do balanço de branco, você pode procurar opções automáticas de configuração de intensidade de cor na sua câmera. Muitas máquinas possuem um ajuste que, quando selecionado, fotografa com tons mais vivos e intensos. Leia o manual da sua para saber se esse ajuste está presente no seu equipamento.

Use filtros coloridos

Uma maneira de conseguir resultados extremos de cor nas suas fotografias é usar filtros no flash ou na lente. Eles são plaquinhas de acrílico colorido que você segura na hora de fotografar, para obter cores totalmente diferentes da realidade.

Filtros acrílicos coloridos para flash e lente (Fonte da imagem: Divulgação/Kola)

Colocando o filtro no flash, no efeito é atenuado, pois apenas o que for iluminado pelo disparo será colorido. Já se o filtro for colocado na lente, toda a imagem irá adquirir o tom do acrílico. Em qualquer uma dessas situações, porém, o acessório fará bastante diferença, sendo que, nesses casos, a cena não precisa ter cores muito fortes.

Imagem sem processamento digital, colorida com um filtro (Fonte da imagem: Ana Nemes)

O uso de filtros é uma maneira divertida de fotografar, pois tira o ponto de vista conhecido da sua imagem e leva quem estiver observando a imaginar o mundo de uma forma completamente diferente. No dia a dia, para fotografias mais formais, no entanto, o seu uso é bastante limitado.

Crie a atmosfera certa para a foto

Para valorizar as cores da sua imagem, tente criar uma atmosfera que agregue sentido a isso. As cores que você usar na cena trarão um significado natural para a sua fotografia. Por exemplo, tons claros e cores pastéis em um ambiente iluminado sugerem calma, enquanto cores fortes como vermelho e roxo passam uma sensação de urgência, de drama.

Tenha em mente sempre o que você quer passar e qual a mensagem desejada, para que você possa escolher as cores que consigam transmitir isso. Além dos tons, a iluminação e o foco são outras variáveis importantes e é essencial pensar nisso ao criar uma atmosfera especial.

Cores fortes e foco geral para uma atmosfera mais alegre (Fonte da imagem: Ana Nemes)

Use uma profundidade de campo grande (mais áreas focadas) para passar uma ideia mais geral e ampla. Por exemplo, fotografe os seus amigos em um parque, usando o foco geral para transmitir alegria, união entre as pessoas.

Já se você deseja mostrar uma cena mais particular e introspectiva, use um foco com profundidade pequena de campo. Mesmo as cores fortes da imagem, nesse caso, contribuirão para a criação do humor mais fechado.

Mesmo com as cores fortes, o foco ajuda a deixar a imagem mais introspectiva (Fonte da imagem: Adolfo Wendpap)

Ilumine!

Para capturar cores mais vibrantes, uma regra essencial é utilizar a iluminação suficiente e adequada para a situação. Isso porque a câmera, assim como os nossos olhos, consegue enxergar melhor as cores quanto mais luz houver no local.

Não apenas ela vê as tonalidades corretas, como consegue dar mais brilho e contraste à cena. Em um dia nublado, por exemplo, mesmo objetos muito coloridos tendem a ficar sem brilho, já que a iluminação não é suficiente.

Em um dia nublado é mais difícil ressaltar as cores da imagem (Fonte da imagem: Ana Nemes)

Portanto, sempre que você for fotografar algo que precisa ter as cores bem marcadas, procure pensar na iluminação, se ela é suficiente e se ela está contribuindo de forma positiva para a cena. A temperatura da cor (veja mais neste artigo) influencia diretamente também no brilho da foto. Luzes e cores mais quentes geram imagens mais vibrantes.

Edição final

Quando o assunto é cor, o Photoshop se torna uma ferramenta extremamente útil e que pode dar o destaque certo para uma fotografia. A diferença entre uma imagem simples e uma foto que arranca suspiros pode estar em um ajuste simples e rápido do balanço de cores.

Esse ajuste é algo muito pessoal do fotógrafo e não existem muitas regras. Muita gente gosta de fotografias com cores fortes e contrastes marcados e existem pessoas que preferem tons mais suaves, sem muitas sombras. Isso vai do gosto pessoal de cada um, mas independente desse fator, a ferramenta para a edição é a mesma.

Ajuste as cores e o contraste com a ajuda de um editor (Fonte da imagem: Ana Nemes)

Use as cores seletivas (“Selective Colors”) para equilibrar todos os canais de tons primários da sua imagem separadamente (veja mais sobre esse ajuste aqui e aqui) e configure os níveis (“Levels”) e curvas (“Curves”) para um ajuste fino do brilho e do contraste. Não tenha medo de ousar, faça versões alternativas das suas imagens com as cores distorcidas para entender melhor como todas essas ferramentas trabalham em conjunto.

Obter cores vibrantes e interessantes em uma fotografia é o resultado de uma boa seleção do que será fotografado, de ajustes da câmera, da iluminação e de edições posteriores. Veja mais imagens na galeria a seguir:

Cupons de desconto TecMundo: