Complexo de superárvores reúne tecnologia e sustentabilidade (Fonte da imagem: Munshi Ahmed)

Muito se fala sobre o mal que o avanço da tecnologia causa no meio ambiente, porém alguns exemplos contrários são dignos de nota. É o caso das “superárvores”, um conceito de jardim vertical que está sendo implantado em uma cidade da Cingapura.

São 18 estruturas gigantes em forma de uma árvore estilizada - daí o nome - que servem como uma fonte de energia renovável para os conservatórios que se encontram no mesmo complexo, além de abrigarem um jardim em cada uma que conta com, ao todo, 226.000 plantas. Toda essa vegetação ainda está crescendo e a previsão é de que até o ano que vem tudo esteja pronto.

A floresta artificial sendo montada (Fonte da imagem: Munshi Ahmed)

Esse gigantesco projeto ecológico serve também como duto de ar para a refrigeração do complexo de conservatórios, como para armazenar água da chuva e absorver energia solar. As superárvores têm alturas diferenciadas, como pode ser visto nas imagens, atingindo entre 25 a até 50 metros.

O projeto só deve ficar pronto em um ano, pois além da construção das superárvores, é preciso esperar a vegetação crescer, porém essa floresta artificial já impressiona mesmo em um estágio inicial. Veja mais fotos na galeria a seguir:

Cupons de desconto TecMundo: