Se você já assistiu ao filme “Eu, Robô”, estrelado por Will Smith, certamente ficou impressionado com os carros futuristas que têm esferas no lugar de rodas e podem andar em qualquer direção. Um estudante da Universidade de Bradley, nos Estados Unidos, criou um protótipo que pode trazer os carros omnidirecionais para mais perto da realidade.

Usando peças de LEGO, partes de aeromodelismo e muita criatividade, o estudante de engenharia Curtis Boirum conseguiu construir que um protótipo que pode se mover em qualquer direção instantaneamente.

No vídeo, o estudante demonstra a rapidez com que o carro pode mudar de direção, mesmo sem usar qualquer tipo de engrenagem e utilizando um motor que só gira para um lado. Vale lembrar que, em automóveis, o feito de andar para frente e para trás só é possível utilizando um complexo sistema de transmissão.

O segredo é uma meia esfera de borracha montada sobre um pivô 

O protótipo de Curtis utiliza um pivô de borracha montado em um esquema Gimbal para mover e direcionar o veículo, diferente do carro fictício da Audi exibido no filme, que tinha esferas omnidirecionais no lugar de rodas. O conceito de Gimbal, que permite a movimentação em seis eixos diferentes, já vem sendo utilizado desde a Grécia Antiga, mas essa seria a primeira vez em que ele é aplicado a um sistema de propulsão terrestre.

Cupons de desconto TecMundo: