Células da Anonymous haviam prometido que atacariam políticos e operadoras envolvidas na questão do fim da internet de banda larga. Agora, por meio de uma postagem, a AnonBRNews está divulgando informações sensíveis do ministro Gilberto Kassab e da base de dados da Anatel.

  • Abaixo, a nota na íntegra: 

"O governo voltou atrás, mas o nosso aviso é permanente. Esse vazamento é uma pequena demonstração do que somos capazes de fazer contra um governo que parece ter perdido o medo do povo. Não tem problema, nós estamos aqui para lembrá-los. A base de dados da Anatel é nossa, e os dados do Ministro fanfarrão é de todos. Que tal se alguém solicitar o cancelamento da internet pessoal do Sr. Gilberto Kassab? Ou então… que tal se alguém encomendar umas 30 caçambas de entulho e mandar descarregar na porta da garagem da casa dele? Os dados estão aqui, aproveitem. Com amor, O povo"

Gilberto Kassab, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), provavelmente após perceber as reações na internet, voltou atrás no que havia afirmado na quinta-feira passada (12): o fim da internet ilimitada da banda larga fixa seria "benéfico ao usuário". A ideia, segundo Kassab, era tornar o serviço "o mais elástico possível", mas que tivesse "um ponto de equilíbrio, porque as empresas têm seus limites".

Antes de voltar atrás, células do Anonymous haviam divulgado que atacariam os envolvidos na questão — caso o bloqueio fosse confirmado. O corte da internet foi descartado, mas a primeira reação veio rápido. Você pode conferir a postagem na sequência:

Cupons de desconto TecMundo: