Reuters. Leonardo Goy - Cerca de 200 sites de órgãos públicos brasileiros, principalmente de prefeituras, foram alvos de hackers desde a semana passada. Desses, 20 eram do governo federal, informou nesta terça-feira o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

"Continuamos administrando ataques. Eles não pararam", disse em entrevista o diretor-presidente do Serpro, Marcos Mazoni, que enfatizou que ataques a sites públicos são rotineiros.

"Estamos com mais do que o dobro de ataques do que o normal. E, na semana passada, foi mais de dez vezes superior", disse.

Os ataques de hackers contra sites públicos brasileiros chegaram a tirar do ar, na quinta-feira passada, o portal da Presidência da República. Outros sites, como o da Receita Federal e do IBGE, também foram alvo.

O presidente do Serpro reiterou que nenhum dado sigiloso foi roubado dos portais. Só houve acesso a dados públicos, segundo ele.

"Nenhum dado saiu de nossas bases. Não houve invasão de dados de base segura", disse Mazoni.

 

Cupons de desconto TecMundo: