Batizado de AquaSkipper, o modelo de transporte aquático é leve (pesa cerca de 11,5 kg), portátil e pode alcançar — segundo o fabricante — até 27 km/h em rios, mares e piscinas. Graças à sua composição de fibras de vidro e à aerodinâmica de construção, o protótipo funciona através de propulsão humana e não requer nenhum tipo de combustível.

Na demonstração, o uso do produto parece ser pra lá de divertido, além de exigir certa destreza e técnica. Em uma comparação, o AquaSkipper está bem mais para uma espécie de bicicleta d’água — com guidão e tudo — do que para uma canoa, jet ski ou algo do tipo.

Totalmente amiga do meio ambiente, a invenção não polui o ar nem a água. Fora isso, quem se atreve a dirigir deve estar em dia com o preparo físico. Como a locomoção é baseada em saltos, o operador é quem determina a mecânica de movimento através do uso do corpo.

Ampliar (Fonte da imagem: Inventist)

Quem gosta de competições de velocidade e também curte arriscar algumas manobras pode encontrar no AquaSkipper um novo e saudável esporte radical para o verão. Caso você seja um desses e tenha se interessado, o produto é vendido por US$ 495 nos Estados Unidos e também pode ser encontrado em algumas lojas online aqui no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: