(Fonte da imagem: Divulgação FMI)

O Fundo Monetário Internacional, uma das maiores instituições financeiras do mundo, é nova vítima de um ataque sofisticado e bem orquestrado de dimensões ainda desconhecidas. Vários executivos da instituição confirmam o atentado ocorrido na ultima quarta-feira (08/06), classificando-o como “uma quebra de alto nível”.

O FMI, que gerencia crises financeiras ao redor do globo, é repositório de informações altamente confidenciais sobre as condições fiscais de muitos países. Não foram divulgados quais dados foram roubados ou qual a naturalidade deles. Investigações sobre possíveis suspeitos e a dimensão do ocorrido estão sendo conduzidas e, enquanto isso, o Fundo Monetário permanece totalmente funcional.

Temendo sofrer uma invasão conjunta, o Banco Mundial, cujo quartel general fica do outro lado da rua do prédio do FMI, em Washington, cortou o link de comunicação que permitia a troca de informações entre as duas instituições. Um porta-voz do Banco mencionou que a medida é necessária para garantir a segurança das informações até que a severidade do ataque ao FMI seja entendida, e que o link não permitia acesso a dados sigilosos sobre nações.

Cupons de desconto TecMundo: