Em situações extremas – ou em alguns regimes ditatoriais – governos podem pedir que a internet seja bloqueada temporariamente no país. A medida já foi utilizada tanto para impedir que ativistas se organizassem via web quanto para dificultar as comunicações de grupos como o Estado Islâmico. Recentemente, porém, o Iraque parece ter utilizado o recurso para algo bem diferente do convencional: evitar que estudantes colassem durante as provas.

Esses dados são fruto de um gráfico divulgado pela Dyn Research, uma empresa especializada em detectar e analisar blecautes na rede em todo o mundo. Em uma postagem em seu perfil oficial no Twitter, a companhia revelou que a nação árabe bloqueou completamente o acesso à internet durante três horas no sábado (14), no domingo (15) e na segunda-feira (16), entre as 5h e 8h.

Apesar de parecer um período um pouco aleatório para estrangeiros, o horário e os dias casam exatamente com uma obstrução semelhante feita em 2015 e que coincide com as provas finais dos estudantes do 6º ano no país. Doug Madory, diretor de análise da Dyn, comenta que, quando a explicação de impedir que os alunos colassem foi dada pelas autoridades iraquianas, houve “uma boa dose de ceticismo”. Porém, com a ação sendo repetida mais uma vez, a “desculpa” ganha mais força.

Verdade ou mentira?

De acordo com o The Verge, o Ministério de Comunicações do Iraque não se pronunciou a respeito das atuais quedas, mas emails obtidos por um grupo de defesa dos direitos humanos indicam que o governo pode ter, sim, pedido que os provedores cortassem acesso à web em toda a região – e mais: com certa antecedência.

A mensagem foi praticamente confirmada depois que a Earthlink, outra companhia local, alertou em sua página no Facebook que os serviços seriam suspensos em todo o Iraque por exigências superiores. Entidades internacionais, no entanto, andam especulando que o motivo dado para o bloqueio serve apenas para mascarar estratégias para conter a instabilidade política do governo local.

Você acha que o governo deveria poder bloquear o acesso à web em todo o país em situações extremas? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: