Os engenheiros britânicos Peter Brewin e Will Crawford inventaram uma tenda que, após ser regada com água, se transforma em um abrigo de concreto em cerca de 24 horas. A invenção já ganhou diversos prêmios e atualmente é usada em países em desenvolvimento, como na Etiópia.

A invenção é constituída por um tecido constituído de uma camada impermeável com revestimento plástico e de outra que contém partículas de concreto. A estrutura básica é inflável acompanha pregos de metal responsáveis por fixá-la ao chão. Após ser montada, basta regar a estrutura com água para que ela se transforme em uma construção sólida em um período curto de tempo.

Segundo estimativas dos engenheiros, o trabalho conjunto de duas pessoas é capaz de erguer uma tenda em cerca de uma hora. Cada uma das estruturas, que possui somente uma porta de saída, ocupa uma área de 54 metros quadrados, suficientes para abrigar com conforto diversas pessoas.

Assim como uma casa normal, a estrutura pode ser perfurada e receber fiação elétrica, tomadas e luzes no teto. Os inventores afirmam que a tenda é uma ótima alternativa para regiões de conflitos, já que podem durar décadas, são à prova de fogo, permitem a adição de portas e não atingem grandes temperaturas sob o sol.

Problemas com o preço

O principal obstáculo para a popularização das tendas é o preço alto de fabricação, de US$ 16 mil. Segundo Brewin, o principal motivo para o custo elevado é a falta de demanda, que impede a fabricação do invento em larga escala, algo que reduziria os custos totais.

Atualmente, os engenheiros estão em negociação com entidades do Japão para levar a novidade até o país. A expectativa é de que as tendas sejam usadas como uma forma de providenciar abrigo rápido às vítimas do terremoto que destruiu recentemente parte do país.

Cupons de desconto TecMundo: