Internet Explorer segue líder isolado, mas cai no mercado de navegadores

1 min de leitura
Imagem de: Internet Explorer segue líder isolado, mas cai no mercado de navegadores
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

A guerra pelo mercado de navegadores já é acirrada, mas vai ficar ainda mais sangrenta a partir de julho de 2015. Isso porque o Internet Explorer não para de cair no mercado, o Chrome sofre com as polêmicas sobre o consumo de memória RAM e o Microsoft Edge será introduzido com o Windows 10.

Na pesquisa mensal mais recente do Net Applications sobre junho de 2015, o Internet Explorer segue líder incontestável entre os consumidores — fato explicado não pela qualidade do produto, mas por ele ser pré-instalado nos computadores com Windows e muitas vezes não ser removido. Desta vez, entretanto, ele caiu pela primeira vez para a faixa dos 54%. É questão de tempo para que fique com menos da metade da porcentagem e seja cada vez mais obscurecido.

A boa notícia é que  IE 11, que é a versão mais atualizada, segura e estável do navegador, é a mais utilizada pelos consumidores.

Correndo atrás

Em segundo lugar, o Chrome subiu para 27,23%, crescendo pouco menos de 1% de maio para junho deste ano. Já o Firefox permanece tranquilo com o bronze, mas perdeu 0,1% e fecha o mês com 12,06%.

Safari (4,99%) e Opera (1,31%) fecham o principal ranking, com "Outros" ocupando 0,41% do mercado. Será que o Microsoft Edge vai ocupar o topo da lista ou ao menos incomodar os três líderes? Fique ligado no TecMundo para cenas dos próximos capítulos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Internet Explorer segue líder isolado, mas cai no mercado de navegadores