Com apenas três semanas de vida, o Internet Explorer 11, na visão da Google, deve ser a principal opção considerada agora. Os usuários que ainda possuem o IE 9 – que teve boa aceitação dos internautas – perderão o suporte do Google Apps no navegador. O anúncio foi feito em caráter oficial numa postagem no blog da companhia.

A postagem enfatiza as políticas da Google para o suporte a diversos navegadores, os quais incluem a versão mais recente e a imediatamente anterior dos principais browsers disponíveis no mercado: Internet Explorer, Safari e Mozilla Firefox. Como o Chrome é um navegador da própria Google, não existem quaisquer problemas de compatibilidade com ele, visto que é atualizado de forma automática.

A Google diz que parou de efetuar todos os trabalhos de testes e engenharia relacionados ao IE 9, considerando que o IE 11 foi lançado no dia 17 de outubro junto com o Windows 8.1. É como se o IE 9 tivesse deixado de se enquadrar nas políticas da Google e, por isso, terá o suporte descontinuado.

Apenas para efeitos de comparação, o IE 9 foi lançado em março de 2011 e, apesar de não ter tido vínculo com o lançamento de algum Windows (como ocorre na maioria das vezes), a Microsoft só disponibilizou o navegador para Windows Vista e Windows 7. Já o suporte do IE 8 no Google Apps, por exemplo, foi descontinuado em setembro de 2012.

Nesse ritmo, muitos usuários do Internet Explorer terão de atualizar seu navegador com mais regularidade do que antes se quiserem continuar usufruindo do Google Apps.

Os usuários do IE 9 que acessam o Gmail e outros serviços da Google serão notificados “nas próximas semanas” sobre a necessidade de atualizar o navegador a uma versão mais moderna para continuar utilizando o Google Apps.

Cupons de desconto TecMundo: