(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Uma das grandes apostas da Microsoft para chamar a atenção para o Windows 8, o Internet Explorer 10 vai contar com uma opção nativa que bloqueia o rastreio das atividades online de seus usuários. O recurso, conhecido como “Do Not Track”, virá habilitado automaticamente em todos os computadores que acompanham o novo sistema operacional.

A decisão da empresa contraria uma recomendação da W3C, autoridade responsável pelas definições da tecnologia, que afirmou que ela deveria ser incluída como uma simples opção, sendo habilitada somente quando desejado. Isso se deve ao fato de que muitos sites preferem restringir conteúdos para navegadores que possuem o recurso habilitado automaticamente e que não deixam decisões de privacidade nas mãos dos consumidores.

Aumentando a privacidade dos consumidores

Segundo a Microsoft, durante a configuração do Windows 8 será possível optar pela configuração expressa ou personalizada do “Do Not Track”. No segundo caso, será possível habilitar ou desabilitar a tecnologia conforme a situação apresentada. A empresa também promete oferecer links que ajudam a compreender melhor cada um dos recursos oferecidos.

Quem instalar o Internet Explorer 10 no Windows 7 também vai se deparar com opções parecidas, além de receber um alerta dizendo que a tecnologia foi habilitada. A empresa espera que essa decisão ajude a aumentar a privacidade de seus consumidores, o que deve se refletir em um aumento da segurança na internet.

Fontes: Microsoft, The Verge

Cupons de desconto TecMundo: