No dia 17 de outubro acontecerá o Futurecom — evento que reunirá especialistas para debater o futuro da tecnologia. Em um dos painéis, os membros sênior do IEEE, Cyro Boccuzzi e Raul Colcher, vão conversar sobre as tendências tecnológicas que podem revolucionar a vida urbana.

Segundo Cyro Boccuzzi, um dos temas mais importantes para esta discussão são as redes inteligentes, pois são a base do século 21 por funcionarem sem energia. Ainda na visão dele, tais redes são o que precisamos para termos confiança e segurança em serviços como pegar elevadores. Os investimentos nessa área de automação vêm crescendo por parte das empresas, assim como em subestações e redes de tecnologia de comunicação e informação. Este fato, atrelado ao consumidor brasileiro, que está começando a gerar meios para criar a própria energia, faz com que os preços caiam no mercado internacional.

Raul Colcher traz outro tema que acredita ser relevante para o futuro das cidades: os smart grids. Segundo ele, o Brasil se encontra na fase inicial da implementação, mas existem empresas investindo para o desenvolvimento da ideia de certificação dos medidores inteligentes. Unindo o tema dos dois palestrantes, Raul diz que os medidores são partes essenciais para a instalação das redes inteligentes, mas Boccuzzi aponta que ainda é necessária a regulamentação das tarifas inteligentes para que haja um custo adequado de viabilização.