Avanços na IA permitiriam computadores mais precisos (Fonte da imagem: Wikimedia Commons)

Pesquisadores da Universidade de Tel-Aviv, Israel, trabalham para aprimorar os níveis conhecidos de inteligência artificial. A ideia dos cientistas é ensinar aos computadores algo próximo ao arrependimento, para que eles avaliem os resultados de suas ações, compreendendo se foram positivos ou negativos.

A partir disso, a máquina também deve ser capaz de agir para minimizar os efeitos de arrependimento, ou seja, para aumentar a precisão das ações que realiza. Os cientistas acreditam que, com esses estudos, será possível criar máquinas que analisam todas as variáveis de uma ação antes de tomá-la.

Ainda segundo os pesquisadores, esse tipo de recurso permitiria aos computadores “enxergar” o futuro, avaliando condições climáticas ou do trânsito, por exemplo, e preparando os dados para otimização em tempo real. O interesse da Google, que recentemente passou a financiar as pesquisas, seria o benefício que as novas tecnologias poderiam trazer aos sistemas AdWords e AdSense da empresa, permitindo mais exatidão nas análises para oferta de anúncios.

Cupons de desconto TecMundo: