(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube)

Pesquisadores da Washington State University conseguiram desenvolver um método que permite a um computador ensinar outro computador. Mas você pode ficar tranquilo, pois nem o T-800 e nem a rebelião das máquinas estão próximos.

Matthew Taylor, professor de Inteligência Artificial na WSU, desenvolveu um sistema que faz com que um computador-mestre ensine Pac-Man e uma versão de StarCraft para um computador-aluno.

“Desenvolvemos algoritmos para ensinar e agora queremos descobrir quando nossos ensinamentos fazem uma diferença maior”, diz Taylor. A questão é que um computador “ensina” o outro fazendo indicações em forma de algoritmos – se forem muito frequentes, o computador-aluno não aprenderá, mas, se forem muito esparsos, o processo de aprendizado é lento.

A Rebelião das Máquinas ainda está longe

Se você está preocupado com o futuro dos humanos na Terra, fique tranquilo. Taylor ainda disse que “eles são bobos. Mesmo os robôs mais avançados são facilmente confundidos”. E o objetivo da pesquisa é que robôs possam ensinar outros robôs em fábricas – para serem realocados – e, quem sabe, máquinas ensinarem humanos.

Só vamos rezar para que não surja um HAL 9000 no caminho (nem um Bender). Enquanto isso, conheça seis robôs que você deve temer.