(Fonte da imagem: Reprodução/ScriptHD)

Pesquisadores da Universidade de Illinois, em Chicago, aplicaram um teste de QI comum para seres humanos em um dos sistemas de inteligência artificial mais avançados de que se tem notícia. Quem achava que a máquina teria um desempenho acima de qualquer pessoa vai se surpreender: o resultado é o mesmo de uma criança de quatro anos.

De acordo com os cientistas, o ConceptNet 4, desenvolvido em laboratórios do MIT, marcou uma pontuação bastante incomum – e que, se fosse de uma criança de verdade, significaria que ela estaria com problemas.

Isso porque o desempenho apresentado foi bastante irregular: a inteligência artificial foi muito bem em testes de vocabulário e de reconhecer semelhanças, mas a compreensão de perguntas que exigiam maior argumentação deixou a desejar.

O resultado obtido vai ajudar os desenvolvedores do ConceptNet 4 a achar as falhas e tentar superá-las. A maior dificuldade é fazer com que o sistema de percepção da máquina aumente, para que ela faça um julgamento mais apropriado de situações e ultrapasse o senso comum nas respostas.

Cupons de desconto TecMundo: