Em algum momento da sua vida, você deve ter visto uma daquelas pinturas de pessoas que passam a impressão de que os olhos dela estão te seguindo a medida que você vai andando. Quando isso acontece em versão digital, no entanto, as coisas ficam um pouco mais bizarras.

É o caso de um vídeo que apareceu no Twitter ontem: nele, a imagem de uma menina, chamada de “pessoa sintética”, acompanha o movimento do mouse com os olhos. O trabalho, feito pelo artista e pesquisador Branislav Ulicny, é uma arte criada com o uso de inteligência artificial através de redes neurais combinadas com outros dois projetos artísticos baseados em tecnologia.

“Humanos virtuais são uma obsessão minha, então quando encontro algum dado interessante, gosto de tentar ver o que consigo fazer com aquilo”, explicou Ulicny em uma entrevista para o Mashable.

O projeto é uma parceria com Michael Tyka, um artista que trabalha com redes neurais e criou diversos retratos de “pessoas” utilizando inteligência artificial. A técnica é chamada de GAN, ou “Generative Adversarial Networks”, e consiste em duas redes neurais artificiais que brincam entre si: uma delas tenta gerar uma imagem convincente, enquanto a outra aprende a distinguir imagens reais de uma que foi gerada.

“Com tempo, o resultado gerado fica cada vez mais realista, já que os dois adversários tentam superar um ao outro”, explica Tyka.

Uma das "pessoas sintéticas" criadas pelo GAN de Michael Tyka

Ulicny, por sua vez, usa a arte de Tyka e a combinou com o chamado “DeepWarp”, um projeto desenvolvido por Yaroslav Ganin que é encarregado de criar o efeito de movimento dos olhos. O resultado final são as artes peculiares de Michael Tyka seguindo o cursor do seu mouse por aí.

Se você quiser experimentar por conta própria, existe um site dedicado ao experimento – basta ter o WebGL.

Cupons de desconto TecMundo: