Pouca gente duvida que a inteligência artificial (IA) será parte quase essencial do futuro da humanidade, e mais uma prova disso está sendo desenvolvida no Japão. No país asiático, algumas companhias pretendem desenvolver navios de carga dotados de IA que dispensarão interferência humana não apenas na hora de navegar pelos oceanos, mas também para traçar rotas e até mesmo para prever problemas a fim de evitar acidentes.

Segundo o site Nikkei, a ideia é desenvolvida em conjunto por fabricantes de navios e por companhias de transporte marítimos como Mistui O.S.K. Lines, Nippon Yusen e Japan Marine United. De forma semelhante aos carros autônomos, os navios autônomos seriam capazes de se comunicarem entre si para determinar a localização de outras embarcações, evitando acidentes entre elas.

Além disso, os navios seriam capazes de perceber as condições climáticas do mar e, com isso, predizer algum problema advindo do tempo. Por fim, as embarcações também seriam capazes de identificar possíveis obstáculos em seu caminho, traçando desvios para evitar colisões. Em suma, como um “GPS do mar”, a inteligência artificial aqui seria capaz de traçar sozinha a rota mais curta e segura para um navio.

Outras previsões

Além das previsões do tempo, os navios inteligentes seriam capazes de prever também problemas com os seus próprios equipamentos. A intenção do grupo que desenvolve a nova tecnologia de navegação é que as primeiras 250 embarcações com IA cheguem ao mar em 2025. O objetivo do esforço é, ao final de tudo isso, reduzir a média de 2 mil acidentes marítimos por ano em todo o mundo.

Cupons de desconto TecMundo: